Big Loop

A inteligência artificial (IA) já exerce um papel importante no desenvolvimento de veículos Porsche. Num futuro próximo, os especialistas poderão, com a ajuda do aprendizado de máquina, otimizar as funções de carros esportivos Porsche nas ruas e estradas. 

Ilustração: Design Hoch Drei

Big Loop designa o intercâmbio permanente de dados entre carro e back-end, ou seja, o processamento de dados a segundo plano. Por meio da IA, a Big Loop permite uma otimização contínua de sistemas de assistência e de outras funções. Simplificando, a exemplo do cruise control adaptável (ACC), isso poderá funcionar assim no futuro: o sistema multissensorial do veículo detecta cada movimento e posição – inclusive a distância ao veículo à frente. Incessantemente, o computador de bordo envia tais informações em um fluxo anonimizado de dados através da rede móvel para uma nuvem. Nesta infraestrutura informática de alto desempenho, os dados são então processados por algoritmos desenvolvidos especificamente. Funções aprimoradas ou novas aplicações desenvolvidas com base nisso podem ser primeiramente testadas por operações em background – no chamado modo Shadow. Enquanto o ACC funciona normalmente, a nova variante trabalha como uma sombra num ambiente de hardware separado. 

Os programadores avaliam cada uma das soluções assistidas por IA e decidem se ela também deve ser ativada para o cliente. Caso positivo, a atualização é transferida através da rede móvel para o carro, por meio de uma atualização Over-the-Air (OTA). Assim, o Big Loop é concluído. 

Futuramente, através deste loop de dados integrado e da simulação instantânea, os longos e morosos ciclos no departamento de Desenvolvimento serão reduzidos consideravelmente. Um importante passo nessa direção já está dado: como primeiro modelo da Porsche, o Taycan foi preparado para atualizações OTA.

A base para a perfeita otimização no Big Loop é uma base de dados abrangente. Para tal, a Porsche conta com uma vantagem pela cooperação com outras marcas do grupo Volkswagen: a gigantesca base de dados e o desenvolvimento de software em comum foram congregados de forma centralizada na empresa Cariad (Car, I Am Digital), fundada especialmente para esse fim. Com o suporte desses dados, são desenvolvidos sistemas e funções que recebem dos engenheiros da Porsche seu inconfundível DNA: sistemas de assistência reforçam a segurança e aumentam o conforto. Eles podem reduzir o estresse em engarrafamentos e estacionamentos, e atuar até mesmo como um treinador. Porém, a decisão continua individual e a condução autônoma total em um Porsche é sempre opcional.

Heike Hientzsch
Heike Hientzsch

Artigos relacionados